6 dicas de como prevenir a mastite em bovinos


As exigências por qualidade de leite e a interferência dos parâmetros de qualidade na remuneração do produtor de leite vieram para ficar, não é mesmo? Nesse cenário, devemos encarar a prevenção da mastite como uma prioridade nos sistemas de produção leiteira.


A infecção da glândula mamária, órgão diretamente responsável pela produção do leite, reduz a capacidade produtiva e a qualidade do leite produzido. Não é à toa que a mastite é geralmente a doença que ocasiona os maiores prejuízos na atividade leiteira. Vários são os agentes que podem causar mastite, mas o Staphylococcus aureus é, sem dúvida alguma, a bactéria mais eficiente e que demanda grandes esforços e conhecimento para o seu controle.



Então agora vou mostrar algumas dicas para você prevenir a mastite na sua propriedade

A primeira dica é oferecer uma cama seca e limpa ao seu rebanho bovino, pois evitar sujeira e umidade impede a proliferação de microrganismos que se alimentam de qualquer matéria orgânica do curral, como esterco, palhada, capim e leite. Eliminar frequentemente esses materiais e garantir a circulação de ar na área de produção, não deixa alternativa para os agentes causadores, a não ser, passar bem longe do seu rebanho.

Segunda dica é garantir que suas vacas não estejam estressadas. Principalmente no verão, com o aumento das temperaturas e da umidade, é comum maiores descargas de hormônios relativos ao estresse, o que reduz a eficácia do sistema imunológico no combate aos microrganismos. Uma forma garantida de manter seu rebanho tranquilo é garantir conforto térmico, como por exemplo, boa ventilação. Tenha certeza de que vacas refrescadas e tranquilas têm menor chance de sofrer surtos de mastite.

Terceira dica é cuidar incansavelmente dos seus métodos de ordenha. Cuidar dos procedimentos da pré-ordenha e pós-ordenha é fundamental na prevenção da mastite em vacas leiteiras. As vacas têm que receber o pré-dipping e o pós-dipping, com um antisséptico eficaz. A limpeza da ponta do teto antes da ordenha e depois da ordenha, é fundamental.

Quarta dica é espantar as moscas para bem longe do seu rebanho. Moscas carregam agentes causadores de doenças, inclusive os da mastite. Provocam irritação nas vacas e mesmo quando não picam, podem depositar os microrganismos onde pousam. Lembrando que correm mais risco nas vacas que vazam leite entre as ordenhas. Use produtos para o controle de moscas e elimine os focos de disseminação.

Quinta dica é preparar a sua equipe para a guerra contra a mastite. Profissionais qualificados nas fazendas de leite têm o poder de reduzir a incidência de doenças no rebanho e de aumentar a qualidade do leite produzido.

Sexta dica é a linha de ordenha, ou seja, definir quais vacas serão ordenhadas primeiro. Essa estratégia simples e sem custo permite a diminuição da transmissão da doença, da taxa de novas infecções e da prevalência da mastite no rebanho. O primeiro grupo de vacas a ser ordenhado é o sadio e depois o grupo doente. Lembre-se de descartar o leite com mastite.

Para um eficiente controle dos microrganismos em rebanhos leiteiros é fundamental que todos esses pontos sejam implementados e gerenciados rotineiramente nas propriedades leiteiras, além da orientação técnica de um profissional competente, levando a um comprometimento de toda a equipe vinculada ao sistema produtivo.

E lembra! Se você quiser fazer parte desse mercado: CLIQUE AQUI


#Comopreveniramastiteembovinos #zootecnia #cursodezootecnia #agronomos #canalagro #agronomia #agronegocio #mastiteembovinos #cursosagropecuários #mestradoagronomia #agronomo #agrotóxico #cursodeagronomia #agro #cursosagropecuáriosonline #irrigaçãonaagricultura #Qualadiferençaentreaureiaagricolaeaureia #ureiaagricola #agricultor #CursodeagriculturaOnlinecomofazer #agriconline #agricultural #cursodeagricultura #agricultura #cursosagricolas #noticiasagricolas #AdjuvanteseSurfactantesparaagricultura

0 visualização

AgricOnline

Avenida João Paulo II, Vila Lenira, Colatina -ES

 atendimento@agriconline.com.br

CNPJ: 32.106.995/0001-66