Conheça as plantas tóxicas das pastagens

June 29, 2020

É muito frequente a ocorrência de morte de bovinos causada por ingestão de plantas tóxicas no Brasil. Estas mortes repentinas em geral se manifestam sem sinais clínicos prévios e ausência de achados necroscópicos significativos, promovendo perdas econômicas difíceis de serem estimadas.

 

A falta de alimentos e a escassez de pastagens de qualidade são os principais causadores das intoxicações. Em períodos de estiagem, a situação se intensifica quando animais famintos comem com voracidade tudo que encontram. Em função da falta de dados sobre a frequência das causas de mortalidade em alguns estados, é difícil definir o impacto econômico devido às perdas por morte de animais relacionadas a plantas tóxicas. Entretanto, é possível estimar aproximadamente o número de animais mortos devido a esse problema. 

 

O rebanho bovino brasileiro em 2017 alcançou 226,03 milhões de animais. Considerando que, no Brasil, pelo menos 5% da população bovina morre anualmente por diferentes causas, esse número estaria em torno de 11,30 milhões. Levando em conta dados dos laboratórios de diagnóstico de diferentes estados brasileiros, entre 10% e 14% dessas mortes são causadas por plantas tóxicas, o que corresponderia a valores entre 1,13 e 1,58 milhões de bovinos.

 

O comportamento tóxico das plantas é bastante variável, pois existem fatores que influenciam sua toxicidade como: solo, clima, estádio vegetativo da planta, parte da planta, período de ingestão. Algumas das principais plantas que causam intoxicação em bovinos são, a tasneirinha, o cipó preto, a cicuta, a corona, a coerana, a samambaia, a mamona e o cafezinho, principal planta toxica das pastagens.

 

 

 

O cafezinho é encontrado em todo Brasil, com exceção da região sul e do estado do Mato Grosso do Sul. Ocorre em regiões de alta pluviosidade e terra firme, jamais em várzea. O cafezinho não sobrevive em exposição ao sol, portanto precisa de sombra, crescendo bem em beira de matas, capoeiras e ainda em pastos recém formados como regiões de matas convertidas em campos de criação de gado.

 

É importante lembrar que as plantas tóxicas, são plantas indesejáveis, por isso, são as mesmas técnicas de prevenção e controle.

 

 

Por hoje é isso pessoal, até nosso próximo post!

 

E lembra se você tem interesse em se especializar nesta área, eu te convido a conhecer nossos cursos profissionalizantes.

 

CLICANDO AQUI

 

 

 

 

 

 

Please reload

Our Recent Posts

Importância da Correção do solo e adubação para cultura da cana

July 2, 2020

Passo a passo para recuperação da sua pastagem

July 1, 2020

Conheça as plantas tóxicas das pastagens

June 29, 2020

1/1
Please reload

Tags